22 de setembro de 2006

Sementes da Primavera

Mundos distintos
Momento distante
Sonhos perdidos
Além do horizonte
Esperanças renascem
A roda segue adiante
Medos que partem
Suave brisa da primavera
Leve embora as marcas
Que o triste inverno deixou
Renascendo o amor
No coração que agora aflorou.

Rowena Arnehoy Seneween ®

Extraído do livro Brumas do Tempo
Todos os direitos reservados.

Saiba mais: Equinócio da Primavera

2 comentários:

  1. Awen, minha cara amiga!!!!

    Que Ostara faça nascer não só as flores e os frutos nas árvores, mas também a felicidade, a paz e a harmonia dentro de nós!!!!

    Beijos, minha querida!!

    ResponderExcluir
  2. Seguirei a roda adiante com você, minha Fada!

    Você é aquela que me ajudou a recuperar meus sonhos, fez renascer minhas esperanças e os medos partirem prá bem distante, dissipando as brumas do tempo que tentavam cegar meu entendimento!

    Abençoadas sejas, hoje e sempre!

    Do teu guerreiro,

    ψ Ceallaghan Wolfgang Anderyatt ψ

    ResponderExcluir

Fáilte... Bem-vindo(a)!