29 de agosto de 2009

Manipulação em nome de uma Deusa?!

Forças manipuladoras só encontram sintonia onde há submissão. Muitos são os que, por ingenuidade ou comodismo, doam o seu poder para outras pessoas, na esperança de solucionarem suas vidas como num passe de mágica. Quanta crença inútil e sem sentido.

Magia também é vivenciar a vida com mais consciência e responsabilidade. Chega de tanta alienação e banalização do sagrado!


Mas que Deusa é essa? Eis a questão... Muitos falam de forma genérica, pois acreditam que todas as Deusas sejam uma só!

Ledo engano... Pois há várias Deusas e com diferentes faces, que representam à energia criadora de todas as coisas viventes, além de possuírem funções específicas, tais como: soberania, guerra (bravura) e proteção, além dos seus próprios atributos individuais.

E ao percebemos que existe essa energia criadora no universo, deixaremos de lado os conceitos de "bem e mal" ou "certo e errado", pois tudo se faz necessário para o nosso crescimento.

Durante a minha infância vivi presa a esses conceitos, com os quais lutava inconscientemente para escapar. Estudando num colégio de freiras, era obrigada a aceitar princípios que, intimamente, ressoavam como falsos à minha percepção.

Como aceitar um Deus repressor que só castiga e condena? E porque não existe uma Deusa ou vários Deuses?

Essas perguntas sempre me acompanharam, além das vozes, visões e até a facilidade de interagir com o Outro Mundo.

Ah, mas tudo isso não era bem visto!

"Onde já se viu, essa menina é muito fantasiosa!" – dizia minha mãe.

Então, assim, fui crescendo com fama de sonhadora, "bocuda" e impossível. Por vezes, tentei "adestrar" meu espírito aos "tem que" da sociedade, até o momento que não agüentei mais e fui buscar respostas para tantas perguntas.

Finalmente, reencontrei o meu caminho druídico junto à natureza, aos Deuses e no Paganismo Celta. Mas sem esse deslumbramento que se vê por aí. Vivenciei minha luz e minha sombra, que me mostraram a força da unidade. E percebi que tudo que está em perfeita ordem.

O medo é apenas uma ilusão, uma forma de manipulação!

Por isso vemos, por todos os lados, pessoas que se aproveitam desse artifício para ludibriar outras que, no meu modo de ver, atraem essas situações para que possam crescer e se libertar dessas crenças, além de toda essa bobagem manipulativa.

Mas há também aqueles que preferem viver alienados, acreditam que vão encontrar respostas em revistinhas de magia, gurus da moda, entidades, mestres ou algo do tipo.

Buscar ajuda quando se está perdido é válido, mas depender de outra pessoa é péssimo!

A natureza nos ensina constantemente, basta observá-la. Por acaso existe algum ser que nasça e viva com o cordão umbilical preso à sua mãe durante a sua existência?

Então, porque essa dependência religiosa?

Vamos cortar de vez o cordão e andar com as nossas próprias pernas. Todo mundo vai errar em algum determinado momento. E daí? O melhor de tudo isso é que vamos acertar muito mais.

A vida tem seus espinhos sim, que são formas de nos ensinar que o belo existe, mas é preciso atenção no percurso a seguir e, assim, conseguir atingir a essência da flor.

Viver plenamente é correr riscos, além de viver num mundo onde há o trabalho, as contas do mês e os filhos... Abençoados sejam!

Comece o seu dia agradecendo, buscando e observando tudo. Porque os sinais virão e, com certeza, você também descobrirá o seu caminho, que é algo vivencial e único.

Enfim, a magia está na forma como direcionamos nossa energia e é você quem escolhe por onde irá caminhar... Bênçãos plenas!

Rowena Arnehoy Seneween ®

18 comentários:

  1. Anna Leão30/8/09

    Maravilhoso texto, Rowena! Simples,direto,sincero e sábio!
    Me inspirou a colocar um artigo meu, do início do Metamorfose, no site, "Liberdade e Responsabilidade".
    Um beijo grande,
    Anna

    ResponderExcluir
  2. Excelente texto, comecei a ter as mesmas dúvidas(ex:como posso eu acreditar num deus que me condena logo à nascença somente por ser mulher.), o que me fez também procurar e emcontrar o paganismo celta, nunca procurei nínguem para me ensinar, apenas procurei e aceitei para mim aquilo que me fazia sentido, que sentia em harmonia e equilibrado, concordo plenamente, a magia somos nós, é a natureza que nos envolve é o repeito é a decisão é o que damos e a forma como recebemos...
    Mais uma vez parabéns pelo o texto.
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Bençãos plenas Arnehoy de meu pai o Dagda de minha Mãe e Senhora Danú;

    gostei do que escreveu...isso me faz relembrar algo bom de sua persona menina,mulher,dessa sacerdotisa coerente que é que sempre quis ver presente,mais do que nunca...

    sempre foste,mas hoje sinto em sua energia algo profundo,mais concreto,adorei o texto que escreveu,sempre disse isso,as pessoas não podem se tornar escravas de pessoas oportunistas,

    o poder dos Deuses e Deusas é para todos,mas infelizmente poucos entendem isso,distorcendo essa verdade.

    Nem todos estão aptos a servir aos Deuses Antigos pois ainda preferem se iludir,o tempo e as rodas dirão o momento,como vc sabiamente diz as mansões da lua,

    as brumas e morgana são sábias e estão abertas aos que sabem entender que dois mundos sempre se tocam com sabedoria,humildade e discernimento...

    Abençoada sejas irmã sacerdotisa do templo,o guardião está desperto,não para condenar,mas para renovado dividir o antigo código,

    sussurros do carvalho,verdades que cada um interpretará a sua maneira...

    Longa vida ao rei,a rainha é o que deseja esse tuath dée que vos fala,esse druida verde...
    Cèad Mille Fàilte!
    )*$*(
    NORHUYAS ABRAMESTH SMARAGDUS

    ResponderExcluir
  4. Minha linda,

    através de palavras como as suas, podemos levar adiante essa necessária consciência.

    A jornada é longa, mas precisamos continuar.

    Seguimos libertas, desejando a liberdade para todos os seres.

    Beijos e bênçãos,
    Lydiah de Arddhu - a celtic priestess.

    ResponderExcluir
  5. Anna, querida, obrigada pelo carinho! Abençoada seja a inspiração que nos move à ação! Beijos de saudades...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  6. Olá, Shandaya!

    Benditas sejam as dúvidas que nos despertaram para o Caminho! É muito bom sentir-se em harmonia e equilibrado com o todo. Seja sempre benvinda ao nosso espaço!

    Beijos e e bênçãos plenas...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  7. Salve, Norhyuas!

    Por Dagda e por Dana, sejamos sempre abençoados! Diante de fatos como esses não podemos nos calar é por isso que estamos aqui. Benvindo, novamente, filho das estrelas! Beijos e bênçãos...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  8. Lydiah, minha querida amiga!

    Nossa jornada com certeza é longa, mas sempre acompanhada por seres iluminados, como você, para nos auxiliar em nossa empreitada. Abençoada sejas! Beijos no coração...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  9. Minha amiga!! Disse tudo! Realmente há muito charlatanismo por aí, além do preconceito e do medo que as pessoas têm em "mexer com essas coisas". Não percebem que a magia está em tudo o que nos rodeia, desde o nascer do sol até o levantar da lua. Parabéns pelo texto!
    Saudades!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Querida, Lia!!!

    Sim, essa é a verdadeira magia! A magia do amor, da amizade, da simplicidade, do dia-a-dia, enfim, do todo! Obrigada por sua participação! Abençoada sejas! Beijos de saudades...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  11. Olá Rowena! Que bacana esse texto, super diferente pelo fato de vc abrir o coração e assim eu poder te conhecer melhor!
    Sempre pensei assim mesmo, acho que temos que pensar com nossa cabeça, e através do conhecimento transformar nossos pensamentos, e formar nossa própria opinião.
    Gostei de saber que vc vê, sente, e está ligada ao mundo "talvez" invisível, mas que sabemos que existe, e faz parte de nossa evolução...digo isso, pois tb sou assim...sou católica, mas desde criança, sempre busquei mtas respostas, o qual a "igreja", nos nega, por isso, tenho minhas próprias crenças!
    Parabéns pelo texto, e continue nos mostrando mais...
    Bjocas .
    Waleria Lima.

    ResponderExcluir
  12. Ah, minha querida Wal, são tantos mundos dentro de outros mundos... O invísivel, às vezes, tão visíveis aos nossos olhos, que poucos o percebem. Como as cores que manisfetam a alma no artista numa tela.

    A evolução está em tudo e em em todos, mesmo que a "igreja" seja diferente, mas, o propósito é o mesmo, evoulir sempre! Obrigada pelo carinho!

    Beijos e bênçãos...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  13. adorei este texto. Me identifiquei bastante com sua historia e fico feliz de saber que pessoas passam por caminhos muito semelhantes para chegar à estrada certa.

    ResponderExcluir
  14. Fàilte, Iris!

    As experiências de vidas nos aproximam, fazendo-nos perceber que somos todos uma energia só! Obrigada pela participação... Abençoada sejas!

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  15. Libertário seu texto, minha cara. Obrigada por ter despertadoa deusa em mim de formas mentais tão simples ditas em palavras sem mistério algum. Tenho certeza que das freiras ao paganismo, foi a tua mão te conduzindo para dentro de si mesma. Se conhecer é libertário, aceitar-se talvez seja a mai´s difícil das primeiras atitudes quando se quer amar. Ainda que seja rir de si mesma ao reconhecer-se bocuda também. Pois sabe que eu até me admrei, se não fosse bocuda não teria sabido me defender de opressores milhares que tentaram escravizar o que há de mais livre em mim: ser selvagem e indomável!Obrigado!

    ResponderExcluir
  16. Olá, Cecile!

    Obrigada pelo carinho! Abençoados sejam esses espíritos indomáveis e selvagens que nos faz galopar por entre o mundo das regras e o da liberdade! Permitindo-nos ser nós mesmas!

    Beijos e bênçãos...

    )O( Rowena

    ResponderExcluir
  17. Olá! Também sou Valéria, mas, Cruz! Primeiro agradecer ao universo que nos permite "navegar" pela internet e aportar em lugares que por meios normais, talvez jamais conseguiríamos. Se me permite ser ousada, me identifiquei com sua com sua lucidez...algumas pessoas ja me dissera que sou "impossível", impulsiva, romântica, sonhadora, etc e tal...mas na verdade sou uma andarilha na vida que busca captar os ecos que o universo emite principalmente os querem de dentro de mim. Religião, ahh já "curiei" várias, hoje me intitulo espiritualista, pois, tenho consciência que sou puramente essência espiritual.
    Obrigada pelo espaço, espero poder ter mais contato com pessoas que como eu, não busca a SI mesmos, mas, buscam em SI o seu lugar no universo.
    Até,
    V.Vruz

    ResponderExcluir
  18. Olá, Val... Seja bem-vinda, minha xará!

    Pois é, nossa caminhada é assim mesmo! Alguns encontros, desencontros e reencontros... Abençoados sejam!

    E que bom poder encontrar pessoas "impulsivas" que buscam sempre o melhor para si e para os demais, são esses eternos sonhadores(as) que revolucionam o mundo.

    Obrigada pelo carinho e pela visita!

    Beijos e muitas bênçãos!

    ResponderExcluir

Fáilte... Bem-vindo(a)!