19 de julho de 2010

A voz do coração

"As histórias celtas sugerem que o tempo e o ritmo da alma tem uma dimensão eterna que coleta e monitora tudo. Aqui, nada é perdido. É um consolo agradável, que os acontecimentos da sua vida não desapareçam. Nada é perdido ou esquecido. Tudo é mantido dentro da alma, no templo da memória." Anam Cara - John O'Donohue.



Música de Patrick Williams, voz de Jenn Mahoney e imagens da Irlanda.


O gaélico sempre faz vibrar a alma e o coração...

Bênçãos do céu, da terra e do mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®

5 comentários:

  1. Sentindo vibrar a alma e o coração...

    Dia duit, mo chara!

    ResponderExcluir
  2. Mo chara, é a sintonia!!!

    Beijos e muitas bênçãos... :)

    ResponderExcluir
  3. Olá!!
    Feliz Dia do Amigo!!

    ResponderExcluir
  4. Olá, Shaula!

    Obrigada pelo carinho... Beijos!

    ResponderExcluir

Fáilte... Bem-vindo(a)!