29 de julho de 2011

A Luz do Caminho

O céu irradia um brilho intenso do luar
Talvez, num lugar distante a oeste
Onde as brumas se encontram com o mar

A alma que clama pela chama
Ilumina o caminho sagrado
Séculos a fio entrelaçados nesta trama

Enaltecidos pela eternidade,
Bramimos nosso grito de guerra
Em nome da honra e da verdade

Muitas vezes deturpada pelos poderes
Almejados por criaturas vis
Que não comungam com o amor de todos os seres

Alternados entre a sombra e a luz
Os Deuses giram a roda
Impiedosamente, entre a espada e a cruz

Rowena Arnehoy Seneween ®
Todos os direitos reservados



Leia também: Sugestão para celebrar Imbolc


28 de julho de 2011

Invocação a Brighid

Brighid, invoco todo seu poder
Brighid, do fogo sagrado
Brighid, das águas cristalinas
Brighid, do altar consagrado.

Que o seu poder de moldar esteja em nós!

Brighid, aquela que cura e protege
Brighid, que inspira e transforma
Brighid, que cuida e consola
Brighid, que fertiliza a própria forma.

Que o seu poder de cura esteja em nós!

Brighid, Senhora dos bardos
Brighid, a chama tríplice da família
Brighid, a magia do povo encantado
Brighid, a eterna luz da sabedoria.

Que o seu poder de inspiração esteja em nós!

Rowena Arnehoy Seneween ®

Extraído do livro Brumas do Tempo
Poesias, pensamentos e ritos druídicos
Todos os direitos reservados.


Saiba como fazer uma "Cruz de Brighid", clique aqui.



(Créditos da imagem à Marcelo Andrade Jr.)

Sláinte, Brighid!



27 de julho de 2011

Novidades do Templo

É com grande alegria que apresentamos nossa mais nova colunista do Templo de Avalon, Alëssah Lunna, que irá falar sobre Dança Tribal.

"A dança é uma fusão de emoções, sentimentos reencontros com o nosso mais etéreo Ser... Liberdade, Sentir, Ouvir, Conectar e Dançar... Tribos em mim!"

Celebrando todos os meus ciclos... O Despertar!

A minha busca e aprendizagem se resume em honrar os meus ancestrais e o Sagrado feminino.

Sou Mulher, Deusa, Mãe, Irmã, Filha, Sacerdotisa, Seguidora dos caminhos pagãos.

Vocalista, com a minha voz busco a conexão ancestral.

Dançarina, (Dança do Ventre) dançar é a minha mais profunda Inspiração, e a exteriorização do meu espírito.

Busco o conhecimento na terapia holística, vivenciando no dia a dia o poder das ervas, chás e os cristais...

Com o tarô estudo a sabedoria e pratico a paciência, sabendo que tudo tem a sua hora certa, um passo de cada vez... Apaixonada por música e pela natureza... Awen!

Para ler os artigos de Alëssah Celtic, clique aqui.

Bênçãos plenas do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®


14 de julho de 2011

Espirais da Vida

O passado nos leva ao presente momento,
Despertando a alma às infinitas possibilidades
Contidas nas espirais da vida.
É lá que a minha essência se encontra,
É para lá que caminho diariamente,
Fluindo em harmonia, completamente renascida.

Rowena Arnehoy Seneween ®
Todos os direitos reservados



Saiba mais sobre: As Espirais Celtas

2 de julho de 2011

A magia da vida e os ciclos da Terra

Vivenciamos ciclos dentro de outros ciclos!

A simbologia pagã é muito forte e nos remete a outras vidas, outros tempos, onde a alma simplesmente vivia em perfeita harmonia com o TODO. Uma época onde não havia essa preocupação absurda pelas tão temidas mudanças planetárias, pois elas são apenas movimentos necessários para se resgatar o equilíbrio natural do nosso planeta.

A mentalidade cristã está profundamente enraizada no inconsciente coletivo das pessoas, que fazem todo o tipo de canalizações apocalípticas e extremamente infundadas.

A estimulação do medo é a grande raiz do problema.

Aqueles que são conscientes e vivenciaram na pele essas mudanças não ficam por aí alardeando o medo, mas sim, estimulam a coragem que devemos ter para enfrentar este tipo de situação.

Situações essas que podem ou não ter sido criadas por nós, porque independente do efeito estufa causado pela poluição e do mal uso dos recursos, a Terra vive seus próprios ciclos de mudanças. Isto é fato!

A magia da vida reside justamente em perceber que a natureza é o universo em si e que ele se apresenta através das suas manifestações, ou seja, somos o Microcosmo atuando constantemente dentro do Macrocosmo da Terra.

Ao estarmos cientes deste princípio, percebemos que ao mudarmos nós mesmos, estaremos contribuindo com a mudança de todo o UNIVERSO.

E isso é maravilhoso, porque nos tornamos muito mais responsáveis por nossos atos, palavras e ações.

Essa trilogia de atitudes - só poderia ser três, tal como o número sagrado dos CELTAS - e que nos torna seres energeticamente completos. Essa energia é o combustível que move o mundo, sendo considerada a base de toda a magia natural e do nosso caminho druídico.



"Costuma-se dizer que a magia foi a primeira religião do homem e que ao utilizarmos amorosamente as forças da natureza para causar mudanças benéficas, integramo-nos a elas. Essas forças foram personificadas aos Deuses e Deusas e sintonizar-se a Eles é a base da verdadeira religião."

Como seres divinos que somos, passemos a respeitar estes ciclos da vida, em profunda gratidão a tudo e a todos...

Bênçãos plenas do Céu, da Terra e do Mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®