29 de setembro de 2008

Faun - Egil Saga

Faun, grupo alemão de medieval folk, que combina instrumentos antigos com sons eletrônicos para criar uma atmosfera mística e encantadora. Influências do celtic folk, música medieval e árabe.
Egil Saga, é uma saga islandesa baseada na vida de Egill Skallagrímsson, um dos principais heróis da tradição nórdica.

Bênçãos plenas do Céu, da Terra e do Mar!
Rowena Arnehoy Seneween ®

20 de setembro de 2008

Feliz Primavera!

Altar da Primavera
A prática de pintar ovos no Equinócio da Primavera, simbolicamente, é um sinônimo de fertilidade, proteção e boa sorte, pois essa é a época de cultivarmos novas sementes, ou seja, novas metas, sonhos e objetivos.

Cozinhe os ovos e pinte-os com símbolos celtas, projetando neles seus sonhos e desejos. Em seguida, coloque-os embaixo de uma árvore ou enterre-os num vaso, dizendo:

"Em nome da Senhora do Renascimento e pelos poderes do Céu, da Terra e do Mar, eu consagro e abençôo esses ovos, com as minhas novas intenções." Que assim seja!

Rowena Arnehoy Seneween ®


10 de setembro de 2008

Energia Lunar

A Lua sempre exerceu uma influência notável em nossas vidas, principalmente nas mulheres, que comungam intimamente com suas variações nos períodos menstruais.

Os antigos sabiam muito bem disso e respeitavam esse poder feminino. As mulheres que tinham seus ciclos regulados com os ciclos lunares eram mais férteis na Lua Cheia e mais sábias na Lua Nova, pois se recolhiam em tendas para conectar-se com o Outro Mundo e fazer previsões para a tribo.

Nos dias atuais a menstruação ainda é vista como um tabu. Muitas mulheres se esquecem de ouvir seu chamado interior... Talvez pelo estress, vergonha ou falta de informação, acabam reprimindo esse dom natural e por conta disso sofram tanto com a tal TPM.

Quando ritualizamos esse processo entramos em contato com antigas forças ancestrais e assim equilibramos o nosso interior. Saber aproveitar essa energia é aprender a trabalhar menos com muito mais.


Podemos dividir os ciclos lunares, basicamente, em duas partes:

1ª- A Lua Crescente é o período que vai da Nova à Cheia, quando a Lua aumenta em luminosidade e expande sua energia.

2ª- A Lua Minguante, período entre a Cheia e a próxima Lua Nova, quando a Lua está decrescendo e recolhendo sua energia.

A fase Crescente é supostamente melhor para as atividades relacionadas a novos projetos, atividade física e todas as questões ligadas ao plano material e a expansão.

A Lua Minguante é melhor para avaliar e completar o trabalho iniciado na primeira metade do ciclo anterior. Também pode ser usado para a criatividade, o planejamento, o repouso, a reflexão, a cura e o banimento de energias desgastadas.

Muitos astrólogos acreditam que os melhores dias para se tomar decisões e programar novos projetos são imediatamente após a Lua Nova, mas não é recomendado o primeiro dia da Lua Nova, em vez disso, espere pelo menos 24 horas. As atividades iniciadas nesta ocasião tendem a persistir por todo o ciclo. Período ideal para enfrentar medos e romper padrões negativos.

A Lua Cheia é espiritualmente poderosa e pode nos trazer uma grande percepção intuitiva da vida, se usada para meditação ou as atividades magísticas, pois ela nos conecta, ainda mais, a plenitude da luz.

Tanto a Lua Cheia quanto a Lua Nova são excelentes para trabalhos místicos de autoconhecimento e de prosperidade. Que assim seja!

Fonte bibliográfica:
CUNNINGHAM, Donna - A lua na sua vida e as influências sobre as mulheres - Ed. Pensamento, 1999.

Rowena Arnehoy Seneween ®

Fonte: Energia Lunar

5 de setembro de 2008

Anna Leão - Colunista do Templo

Setembro é tempo de plantar e semear novas sementes, sendo assim, damos ínicio a um novo ciclo de artigos e parcerias.
Leia a linda poesia de Anna Leão, a mais nova colunista do Templo de Avalon. Abençoada sejas!

Dançando o Fogo!

Queres alcançar um sonho?
Peças ao fogo que ele te leva lá.
Por caminhos espiralados,
Com força, vigor e ardor
Ele te ascende, te expande e te transcende!
Eu danço em volta do fogo
Danço pelo fogo
Flamejo com suas chamas trêmulas e constantes
Para chegar a mim mesma
Para sentir o poder
Para me resgatar inteira,
Nua, crua e verdadeira
Simplesmente para estar em Ti!

Anna Leão. Todos os direitos reservados.

Leia também: Artigos de Anna Leão