21 de abril de 2009

Fáilte, Samhain!

Rainha das Sombras


No ciclo infindável da árvore de prata,
Da infinita alegria à triste lembrança
Harpa mágica que dedilha a sonata.
Num tempo passado e repassado
Caminha pela estrada da vida,
Verde esmeralda, ancestrais do passado.
Gira a Roda sem parar
E festeja a escuridão de Samhain,
Rumo a um novo despertar.
Onde a noite ultrapassa o dia enfim,
Salve, Rainha das Sombras,
Senhora do começo, meio e fim!

Rowena Arnehoy Seneween ®

Extraído do livro Brumas do Tempo
Todos os direitos reservados.

Saiba mais: Festival de Samhain

3 comentários:

  1. Awen, Awen, Awen!!!

    Avante, Sacerdotisa, que um belo e radiante futuro nos aguarda!

    ψ Ceallaghan Wolfgang Anderyatt ψ

    ResponderExcluir
  2. Lindo seu blog, parabéns!!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, Érica!

    Seja bem-vinda!
    Obrigada pelo carinho... Beijos!

    ResponderExcluir

Fáilte... Bem-vindo(a)!