11 de outubro de 2009

Mitologia Lusitana

Mitologia é o estudo dos mitos ou o conjunto de histórias baseadas em tradições e lendas de diferentes culturas, geralmente, associada às divindades do paganismo no geral. Nosso enfoque principal é o estudo da mitologia céltica. Vamos comentar sobre os Deuses da mitologia lusitana, que mais conservaram as características da cultura celta.

Além de entender um pouco sobre nossos antepassados portugueses que sofreram muita influência romana, mas mantiveram uma forte ligação com os antigos costumes célticos.

A seguir, alguns Deuses cultuados na mitologia lusitana:

- Andrasta: Deusa da guerra, da vida e da morte, citada nos mitos, como protetora da rainha Boudicca.

- Atégina ou Ataegina: Deusa da primavera, do renascimento, da fertilidade e da cura, na mitologia lusitana. O nome Ataegina é de origem celta, que significa "renascimento" e tem como animal sagrado a cabra.

- Bandonga: Deusa celta cultuada no sul de Portugal, principalmente, na região de Évora.

- Endovélico: Deus da medicina, da terra e da natureza, divindade da Idade do Ferro, é um dos Deuses mais conhecidos na Lusitânia.

- Nabia: Deusa dos rios e das fontes. Adorada, principalmente, pelos brácaros, povo pré-romano da cultura céltica.

- Nantosvelta: Deusa da natureza e da caça, esposa de Sucellus.

- Runesocésio: Deus dos dardos e da guerra, de natureza misteriosa, que formava uma trindade mitológica com Atégina e Endovélico.

- Sucellus: Deus gaulês da agricultura e das florestas. Considerado como o rei dos Deuses. Carregava um grande martelo de cabo longo, que era usado para bater na terra, acordando as plantas e anunciando o início da primavera.

- Taranis: Deus do trovão, na mitologia gaulesa, Taranos ou Taran, cruzava os céus em sua carruagem. Os raios eram produzidos pelas fagulhas que saíam dos cascos dos cavalos e o trovão era o ruído que faziam as rodas da carruagem. Senhor da guerra, seu símbolo é a Roda, como Thor do panteão nórdico.

- Trebaruna: Deusa da casa, dos mistérios e da morte.

Uma das principais características das religiões da Lusitânia eram os presságios e a clarividência. Além dos astros, utilizavam as entranhas de animais, a observação das aves e do fogo.

Os Deuses Deuses celtas, possuíam três principais funções: soberania, guerra (bravura) e proteção, bem como, seus próprios atributos individuais cultuados por suas respectivas tribos.

Dedico esta postagem à querida amiga Elvira Évora, que nasceu na linda cidade de Évora, Portugal. Gratidão eterna!

ÉvoraÉvora, a senhora do fogo!
‎Elvira Armbrust


Bênçãos plenas do céu, da terra e do mar!

Rowena Arnehoy Seneween ®

Leia mais sobre os Deuses Celtas: Principais Deuses e Deusas Celtas

3 comentários:

  1. Agora está explicado de onde vem a nossa herança genética! Rsrsrs... :)

    ResponderExcluir
  2. Anna Leão14/10/09

    Parabéns, amiga!!!
    Que bom falar destes Deuses infelizmente não populares assim. Eu que sou celta de coração e descendente de portugueses não os conhecia ...
    Este trabalho que vc vem fazendo e que agora tomou um gás imenso é louvável! Pois não adianta ficarmos repetindo o que todo mundo já sabe, e ficarmos nos repetindo, o importante é passarmos o conhecimento, principalmente aquele que não é muito divulgado. Mais uma vez parabéns pelo que vem fazendo aqui e no Templo de Avalon!!!!!
    Beijo enorme,
    Anna

    ResponderExcluir
  3. Os Portuguêses , nada têm de "celtas" caras sras.

    ResponderExcluir

Fáilte... Bem-vindo(a)!